Do que você precisa para ser feliz?

De uns meses pra cá, tenho lido muita coisa sobre vida minimalista e percebi quantas coisas inúteis acumulamos diariamente. Quem não tem mania de comprar cinco camisetas de cores diferentes do modelo que gostou, trocar de celular todo ano, ter quatro utensílios de cozinha com a mesma função, dez calças jeans ou vinte jogos de cama?

Pare e pense: você precisa de tudo isso? Você USA tudo isso?

Hoje estava fuçando na blogosfera e descobri que a Emma Watson tem apenas oito pares de sapatos. Sim, uma estrela de Hollywood, na flor da idade, quando somos mais suscetíveis ao apelo do consumismo. Se ela, que tem uma fortuna estimada em R$ 88 milhões, vive bem com oito pares de sapatos, porque eu que ganho menos de dois salários mínimos preciso de 50???

Estudei em escola particular, onde todas as minhas colegas usavam roupas da moda, sempre de marca. Não tinha coragem de ficar pedindo roupas novas para a minha mãe, porque sabia que o nosso padrão de vida estava muito abaixo do das filhinhas de fazendeiros e donos de indústria.

Quando comecei a trabalhar, surtei com a possibilidade de comprar tudo o que eu quisesse com um cartãozinho de plástico, pra pagar só no mês que vem. Resultado: dívidas astronômicas – depois de quase 7 anos, ainda trabalho pra pagar juros de financiamento sobre financiamento, acordo sobre acordo. Comecei a fazer terapia e descobri que era consumista compulsiva.

Foi quando descobri que o verdadeiro prazer está nas experiências, e não nas coisas. De lá pra cá, realizei vários pequenos sonhos que eu pensava que estavam muito longe do meu alcance.

Fiz minha primeira tatuagem, que custou o mesmo que uma blusinha nova. Com o que eu pagaria em uma bolsa de marca, assisti o primeiro show da minha banda internacional favorita. Troquei os presentes caros para impressionar o namorado por experiências que vamos curtir juntos e que vão aumentar nossa cumplicidade.

Hoje evito ao máximo comprar roupa nova, uso meu celular velhinho até parar de funcionar e não frequento lugares caros no final de semana. Em compensação, viajei mais vezes nos últimos dois anos do que nos outros 25. E querem saber? Vale a pena. Vale mesmo.

Entupir-se de gadgets inúteis e roupas muito baratas é mais do que torrar seu suado dinheirinho com futilidades, é jogá-lo no lixo sem dó. Aquelas blusinhas de R$ 30,00 vão resistir a duas lavagens e olhe lá. Não seria melhor você comprar uma de R$ 100,00, de uma marca boa que vai durar anos, em vez de quatro descartáveis? Sem falar no lixo que você gera cada vez que joga uma roupa estragada fora, ou no aumento do volume de roupas pra lavar e passar. Será que o tempo que você passa lavando roupa não seria melhor aproveitado tomando uma cerveja com a sua melhor amiga?

Nem preciso falar da responsabilidade social – quase todas as fast fashions que atuam no país já foram pegas no pulo usando trabalho escravo. Sabe aquela blusinha de R$ 30,00? A costureira que a produziu pode estar ganhando R$ 1,00 por peça, trabalhando 15 horas por dia para garantir comida na mesa e correndo risco de vida em um galpão mal iluminado e com a fiação exposta. Tem certeza que você quer colaborar com isso?

E qual o motivo de ter um zilhão de bibelôs na sua estante? Perder mais tempo tirando o pó, em vez de curtir um filme com seu amor ou brincar com o seu cachorro? E todos aqueles livros que você não pretende ler de novo, não seriam mais úteis se fossem doados para uma biblioteca pública, ficando à disposição de quem não tem grana pra frequentar uma livraria?

Repense suas escolhas de consumo. Seu bolso, sua qualidade de vida e o planeta agradecem.

Anúncios

Um comentário sobre “Do que você precisa para ser feliz?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s