Solitude

Ela já teve as fases de devorar toneladas de doces, fazer poses no espelho, escrever poemas, trocar a cor das unhas, virar a noite em games, comprar compulsivamente e pesquisar sobre assuntos aleatórios às 3 da manhã. Hoje ela pinta os cabelos e planeja viagens imaginárias para lugares que talvez nunca venha a conhecer. Amanhã talvez seja o dia de sentar-se na praça e inventar histórias recheadas de detalhes interessantes sobre quem passa na rua. Afinal, todos temos que dar algum sentido à solidão. Ou esquecer por um momento da nossa pequenez diante do universo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s