Encontros e despedidas

Esses dias li pelas internetes da vida um “causo” sobre Chico Xavier, que teria uma placa sobre a cama onde se lia “isso também passa”. Quando questionado, respondeu que era para lembrá-lo que os momentos ruins sempre passam – assim como os bons.

É difícil encontrar quem saiba lidar bem com despedidas. Não é fácil deixar a velha rotina à qual você estava acostumado. Não é fácil lidar com mudanças, sejam elas por escolha própria ou não. Não é fácil ser arrancado da zona de conforto.

Mas para o novo vir, o velho tem que ir, não é mesmo? A grande verdade é que a vida é feita de recomeços. E que graça teria se não fosse? O mundo é muito grande para que alguém passe a vida inteira preso à mesma estaca. E a nossa existência é muito curta para deixar de agarrar cada oportunidade que surge como se fosse a última. Porque um dia será, e você nunca vai saber quando.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s